"Reza quem é de rezar, brinca aquele que é de brincadeira
Quem é de paz pode se aproximar (...)"

sábado, 8 de fevereiro de 2014

VIVÊNCIAS | em cultura afro popular GRIOT

Jongo, Samba de Coco, Ciranda Praieira, Maracatu, Afoxé, Puxada de rede, entre outras manifestações.
. Abordagens: pesquisa de pontos/toadas/musicalidades, de aspectos históricos de sociais, tradição, contemporaneidade, contextualizações, dança, gestual e percussão básica. 
. Roda/apresentação mensal (pelo menos uma 1 vez por mês, em lugar, data e hora a serem divulgados).
. Duração dos encontros semanais: 2 horas
. Duração total das vivências: contínuas
. Público alvo:
Todas as pessoas interessadas em cultura, cultura afro brasileira, música, poesia, dança, tradições populares, etc. podem participar, independente da idade (porém crianças até 10 anos turmas separadas), cor de pele, de crenças, condições financeiras, partidos políticos.



Responsáveis:
• Márcia Fonseca 
. Pós-graduação em Estudos Africanos e da Diáspora - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC – Centro de Educação à Distância).
. Graduação em Licenciatura em Educação Física – UFRRJ 
(Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro).
. Idealizadora e pesquisadora do GRIOT pesquisa, difusão e memória em tradições Afro brasileiras.
. Professora efetiva da rede municipal de Cabo Frio (projeto pedagógico com foco na lei 10639/3).

• Andréia Fernandes 
. Formada pela Universidade Veiga de Almeida (Campus Cabo Frio).
. Professora e pesquisadora da área de História.
. Coordenadora das Atividades do GRIOT pesquisa, difusão e memória em tradições Afro brasileiras.


Local: Rua Olinda, 384. Palmeiras 
(pela lagoa é a rua em frente ao quiosque da Suely)
Hora: 19h"Doação" mensal: 
R$ 50,00
R$ 25,00 (povaria do coletivo)

Contatos:
(22) 9 9953.1204 
9 9226.0365
9 9602.1059

Realização:
Faixa De Gazah
GRIOT
pesquisa, difusão e memória em tradições
Afro brasileiras.
Casa das Palmeiras 
Karenn Produções 
Apoio cultural:
Ateliê Eliane Guedes

VIVÊNCIAS - noite griot (1ª roda do ano :D )

1 de fevereiro ·  · Tiradas em Cabo Frio

Ser um griot significa ter o fundamento: de conhecimento de geração em geração, identidade do território. Elo pra quem absorve e quem pratica a produção.
Vivências – Noite Griot é o encontro de formadores de opinião, músicos por opção e artistas por paixão. O “Ponta pé” inicial para atividades regulares na Casa das Palmeiras (Ateliê Eliane Guedes).
Esse coletivo acredita na tradição, comprometimento e no conhecimento com responsabilidade e alegria.
Agradecimentos mais que especiais:Aline Mareá, Aninha Catão, Faixa de Gazah e aos companheiros do GRIOT!

Local:
Rua Olinda, 384. Palmeiras
(pela lagoa é a rua em frente ao quiosque da Suely)

Realização:
Faixa De Gazah
GRIOT

Casa das Palmeiras
Karenn Produções

Apoio cultural:
Ateliê Eliane Guedes

SALVE POVARIA!